sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Pleo direito de ser feliz




Navegando por esses sites da vida, achei uma coisa bem curiosa(no minimo comum). 
Pode até ser farsa, ou coisa midiática (não sei bem, mas desconfio da maioria dessas noticias de hoje).
Sean Penn, ator e astro de grandes filmes, disse numa reportagem  :

"Não há nada de vergonhoso em dizer que todos nós queremos ser amados por alguém. Quando eu olho para os romances da minha vida, não sinto que já tenha tido isso”

Isso parece ser incomum vindo de um artista consagrado como ele. 

Mas a verdade é mais cruel: é comum sim. Não só de artistas, mas de pessoas normais, como eu e você.

Todos nós, temos o direito e o dever de sermos felizes(sim, ser feliz também é um dever. dever de segui o que o coração diz). Mas por que não somos?

Culpa nossa? Nossos sentimentos são muito vazios?

Não existe uma resposta certa, um padrão a ser dito em relação a tudo isso.. Cada um deve encontrar dentro de si a resposta que lhe cabe. Nada no mundo vai nos dizer isso, mas sim, as nossas vidas responderão algo sobre essa solidão.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Obrigado Marcão!


(Foto: José Patrício / Ag. Estado)


Mais uma vez
Como um bom palmeirense
Nosso muito obrigado
Pelas grandes defesas
Pelos títulos
E pelo grande homem que você sempre foi
Muito obrigado
Por tudo!




sábado, 8 de dezembro de 2012

Um aviso aos atrasados




Ficar parado, nunca foi a solução.
Par quem quer, não existe mudança repentina, ou "de uma hora pra outra.."
O que tem de ser feito é agora, e não pra depois.
Muitos param, por diversão ou medo de mudar.
Mas é isso: uma hora todos crescem, e deixam de serem "Peter Pan's" de um mundo sem fantasias.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Seus Traços nunca se apagarão!



Ontem
Dei falta de uma linha
Uma linha que nunca mais será riscada
Mas que esta 
Nos principais monumentos do mundo.

Essa mesma linha
Que esta em Brasilia 
E em alguns pontos mundo afora
Nunca serão apagadas.

Tudo que essa linha fez
Será pra sempre lembrada
E Só temos a agradecer
Por essas linhas
Terem transformado
Ao menos um pouco
O mundo em um lugar melhor.
Obrigado.

Oscar Niemeyer
(1907 - 2012)

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Algo de longa vivencia nunca morre cedo.



Vejo nesses tempos, pessoas falando de coisas. 
Sim, coisas. 
Mas coisas que podem substituir outras, pra de alguma forma mudar nossas vidas (ou não).
Lembro-me quando diziam que o celular iria substituir por completo o telefone fixo. Ainda não vi nada (ou muito pouco disso). 
E também ouvi, que carros voadores logo viriam ao mercado para detonar os carros de quatro rodas. 
Bem, a vida muda, tudo muda, mas não tão depressa como imaginamos ser. 
Tudo, mesmo sem querer, muda de forma gradual, pra que cada um de nós possa se adaptar ao que estar aqui de novidade para o mundo. 
Vejam que de décadas em décadas surgem novas tendencias, e outras coisas que podem mudar nossas vidas. Mas elas demoram a "pegar", para serem realmente algo que podemos utilizar para algum fim (Veja como o mundo mudou, e você terá noção do que estou tentando dizer). 
As coisas, em sua grande maioria mudam. Mas demoram um pouco.

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget