terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Coloque-se no centro de sua própria vida.



Durante esses dias, pensando sobre meu eu, vi que eu voltei a ser o que eu era antes, pois no passado bem recente (pra ser mais preciso, em 2011) eu era muito diferente, cheguei até ser inconseqüente de mais por alguns amores (o ultimo mais forte).

Antes disso, eu era um cara tranqüilo calmo, mas centrado no que vivia. Com esse vendaval de amores simplesmente, fazia tudo por outro alguém, esperando realmente que acontecesse alguma coisa pra mim. Hoje, de volta a mim mesmo, já não espero tantas coisas (algumas vezes nada), pois estou me pondo em primeiro lugar na minha vida.

É isso que cada um que sofre ou que não tem um amor deve fazer: por-se em primeiro dentro de seu eu. Assim, o foco, e a sua própria vida viram em primeiro lugar (não a dos outros - que podem até não te valorizarem como merece).

Em alguns casos (uma boa parte deles, melhore dizendo), eu parei de sentir, e comecei a pensar. E pode ter certeza: é sempre bom fazer isso.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Posso dizer que sim, é verdade.



Posso dizer, de coração
Que tudo ainda esta em mim
Que o que sinto é verdade
É amor.

Não é nada de mais
É apenas a verdade que esta em mim
Eu ainda sinto por você.

Sei, as vezes sinto ciumes, aquelas bobagens quando você esta com outro alguém
Tenho de deixar você um pouco, você não é mas minha
Mas, ainda que sem querer
Sou seu
Por que posso dizer que sim
É verdade esse amor por você.

Espero que você me ouça
Ao menos um pouco
Pra realmente você me entender.
Pode ater ser que você não volte
Mas vou fazer o que eu puder
Pra ver teu coração feliz
Todo esse teu eu que me faz tão bem.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Um monte de coisas com evolução





Durante os dias (e que dias), aprendia, vivi, sonhei, sofri, mas, acima de tudo, fiz o que realmente deveria ser feito. Foram tantas coisas, tanto trabalho, que chego hoje mais leve e revendo algumas coisas que ainda precisam ser melhoradas, mesmo com os acertos (que foram muitos - graças a Deus- essa semana). E mesmo com tudo isso, ainda sim, pude ser feliz, não só descansando hoje, mas sabendo que segunda-feira, não será o dia da ressaca, mas de volta a fazer o que eu estou fazendo, mantendo o ritmo das coisas, sem atropelar etapas. é isso.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Eu não vou parar





Cada dia que passar, vejo o quanto tudo realmente é difícil. Estudar e trabalhar não é fácil (principalmente quando você é responsável por três series de uma escola). Nesse momento, no final do meu dia, fico ofegante, sem muita disposição pra outras atividades minhas (como escrever e ler). Mas, apesar de toda essas canseira que consome o meu corpo inteiro (e parcialmente minha mente), eu não vou parar. Alias, por que faria isso? Não teria motivo algum, pois tudo que vivo e vou viver, será em função deste sacrifício (se é que isso seja realmente muito). Só Deus sabe quando terei minha recompensa. Enquanto isso, daqui de baixo, vou fazendo minhas coisas, do jeito que elas tem de ser feitas. E assim vou vivendo, e aprendendo cada vez mais nessa vida de meu Deus.

domingo, 22 de janeiro de 2012

300x eu





"Isso, é para que cada um de nós percebamos que tudo que é feito por aqui, foi pensado, dedicado, e feito com toda atenção e amor do mundo a mim. a todos aquele que fazem meu blog, muito obrigado. Meu objetivo no fim das contas, e trazer o melhor conteúdo possível para cada um de vocês que fazem acontecer no meu blog! E que venham mais e mais post por aqui".

sábado, 21 de janeiro de 2012

E se fosse você?





E se fosse você
Que corresse atras de mim
Que me amasse sem eu dar a mínima
Que fizesse tudo
E não teria nada
O que você faria?

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Da Boca Pra Fora



Da boca pra fora
Nada do que diz é verdade.

É coisa de momento
Algo que logo vai
E não volta jamais.

Assim, tudo fica muito fácil
Simples de mais
Mas não representa aquilo tudo que queremos: Verdade!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Elis



Querida Elis
Você era a estrela da canção
Que falava em voz alta, mesmo baixinho
O que eu queria ouvir.

Você dizia muita coisa
Que com palavras
Mesmo faladas com o coração
Não poderão ser explicadas.

A paixão que você sentia por cada canção
Era tudo isso que eu sentia
Em cada refrão, em cada som, em cada batida.
Tudo isso ainda me encanta.

Que pena que você se foi
Queria mais um pouco de você
Das coisas lindas que você fazia.

Tenho muitas saudades
Dos seus tempos dourados
Das lindas canções
Que me fazem até chorar.

Mas tento seguir
Ouvindo tua voz em qualquer lugar
Por que sei que pertinho, você estará lá
Junto ao meu ouvido
Ecoando sua linda voz.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Pra que discutir com madame?




Pra que discutir com madame
Se ela só fala o que não presta
Ouve o que não convém
E ainda age de forma inútil, como as outras pessoas?

Não que eu queria ser bruto
Mas a madame deveria ser mais simples
Mesmo do jeito que ela vive
Com essa chinfra de riqueza
Beleza demasiada
Pecados corriqueiros
Com direitos a gulas excessivas.

Mas é assim
Enquanto a madame se comportar dessa forma
Dizendo que o povo é imundo, sujo
Que deveria ser mais educado
Enquanto todos os ricos tem o mundo e os fundos
Não discutirei com a madame.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

E ai como fica?



As vezes, penso como nós, somos tão moralistas (de forma falsa lógico), ao ponto de derrubar a imagem alheia. Nesse BBB (faz a matemática: BBB+Boninho+Gente=lixo), houve uma expulsão de um dos participantes por causa de um suposto estupro. Aquilo foi bem radical, e não descordo da atitude da "Voz do Povo". 
Mas nisso me pergunto: por que não fazem as mesmas coisas com os políticos que nos fazem de idiotas o tempo inteiro?(Hein?)
Fazer isso com um qualquer (independente de se BBB ou não) é facílimo: basta ter voz.
E como nossos políticos? Alguém tem medo deles? Vamos mesmo nos acovardar? Continuaremos a ser submisso a tudo isso? Até quando?

sábado, 14 de janeiro de 2012

Quem Disse?



Quem é que disse isso
De que eu nunca iria vencer
Nunca iria mudar
Nunca, nunca, nunca!

Quem diz isso
Não sabe o que é vencer
O que é sofrer pelos seus sonhos
São realmente poucos que fazem isso.
Eu sou um deles.


quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

H150 - 6 - Marcos

Werther Santana/AE


Você era a alma
A verdade que não iludia
O guerreiro com luvas de baixo das traves.

Com o manto alviverde
Por tantas vezes você jogou
Defendeu e venceu
Falhou e chorou
Mas sempre honrou aquilo que era certo
Seu amor por um clube.

Mais que tudo isso
Você nos fez acreditar
Que amores não são eternos
E tristezas perduram
Até que o sol apareça
E traga-nos um novo rumo
Um sorriso novo pra viver dali por diante.

E por tudo isso
Somos eternamente gratos
Pelo que você fez por nós.
Obrigado Marcão!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Sem querer



Sem querer
Aconteceu outra vez
Eu e você
Um amor perfeito
Pra nós dois
Um felicidade imensa.

Agradeço Muito por isso
Por esta com você
Outra vez
Pra viver novos e lindos momentos em minha vida.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Realidade



O que eles fazem na TV
É muito sensacional
Criando e vendendo pânico
Pra você vê todos os dias.

Todos eles fazem a mesma coisa
Te colocam a frente da TV
Pra te enlouquecer
Desassossegar a paz que havia em você.

Avida perdeu seu sentido
Em meio a toda desgraça
Que eles plantam
Pra poder te entreter
Com pânico
E terror. 

Já não tenho mais o que sentia
Por que já me roubaram 
O bem mais precioso 
Que havia em mim.

Eu preciso disso agora
De volta pra mim
Pois morrerei
Sem saber o que é paz.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Um Novo Tempo Começou



Hoje já é o futuro
é tudo aquilo que desejávamos
É a possibilidade de fazer
É a chance de fazer
Tudo aquilo que pensamos.
Então, vamos a luta.

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget