sábado, 21 de janeiro de 2012

E se fosse você?





E se fosse você
Que corresse atras de mim
Que me amasse sem eu dar a mínima
Que fizesse tudo
E não teria nada
O que você faria?

5 comentários:

Lolis Almeida disse...

Ah, era bom que os papeis se trocassem, eu acharia óptimo! :P
Obrigada pelo comentário no blogue!
bjuuus!
http://lorenna-almeida.blogspot.com

Tânia Lyrio disse...

E se fosse?
A alternância até acontece, mas nem sempre com o objeto de nosso amor,parece fazer parte do 'ciclo do amor '.Beijos

Romero disse...

Descobri seu texto desafiador na leitura do blog Nosso-cotidiano e, mesmo que seja pra um desabafo, não poderia deixar de comentar: como eu gostaria que uma certa pessoa lesse essa poesia! Iria entender muito bem como me sinto. Quem tem a coragem de dizer palavras santas como "quero um relacionamento sério", "dorme bem e sonha comigo", e tem também a coragem de simplesmente não atender telefone nem responder mensagens sem ter havido nem mesmo meia discussão para isso?

Cicero Edinaldo disse...

olá! Amar um certo alguém e não ser correspondido nos causa incomodo e frustração. Sentimos que estamos prestes a saltar num precipício, sem rumo, sem guia, sem luz na nossa frente. A dor de não ter um amor correspondido é imensa. Em algumas ocasiões gostaríamos que o outro também passasse pelo que estamos sentindo. Mas, se pensarmos bem, se amamos o outro não devemos querer isso...pois quem ama, não consegue ver a dor alheia!
---
infinitos abraços.
Saudades de vc no: blogestarcomvoce.blogspot.com

M.R.A. disse...

Eu seria totalmente a favor dessa troca!
Talvez entenderíamos melhor os sentimentos do outro...

www.mari-blg.blogspot.com

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget