terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Coloque-se no centro de sua própria vida.



Durante esses dias, pensando sobre meu eu, vi que eu voltei a ser o que eu era antes, pois no passado bem recente (pra ser mais preciso, em 2011) eu era muito diferente, cheguei até ser inconseqüente de mais por alguns amores (o ultimo mais forte).

Antes disso, eu era um cara tranqüilo calmo, mas centrado no que vivia. Com esse vendaval de amores simplesmente, fazia tudo por outro alguém, esperando realmente que acontecesse alguma coisa pra mim. Hoje, de volta a mim mesmo, já não espero tantas coisas (algumas vezes nada), pois estou me pondo em primeiro lugar na minha vida.

É isso que cada um que sofre ou que não tem um amor deve fazer: por-se em primeiro dentro de seu eu. Assim, o foco, e a sua própria vida viram em primeiro lugar (não a dos outros - que podem até não te valorizarem como merece).

Em alguns casos (uma boa parte deles, melhore dizendo), eu parei de sentir, e comecei a pensar. E pode ter certeza: é sempre bom fazer isso.

2 comentários:

Lolis Almeida disse...

Eu realmente vou seguir os teus conselhos. É aquela coisa, amar a si próprio e depois os outros, sempre da mesma forma e não mais...
quando nos dedicamos a outro alguém esquecemos de nós mesmos o que é ruim, pois como bem disse essa outra pessoa pode não reconhecer o nosso valor e então, como haveremos de ficar? É, as vezes é bom ser um pouco narcisista, porque no fim só temos a nós mesmos! Adorei o texto! bjus

Mônica disse...

Luiz Guilherme
Voce tão jovem já pensando corretamente.
com carinho e amizade de Monica

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget