domingo, 16 de dezembro de 2007

12#


Quando olho a minha volta,vejo a dor eterna correndo entre os perdidos,expandindo a infelicidade,maltratando os corações mais solitários.
Eu vejo a vingança brotar em mais um coração,que o mundo abandonou,que a vida odiou,,que os sentimentos não deram conta,de mais um,que foi pisoteado pela sociedade.
As vezes é difícil de imaginar,o que podemos fazer de bom,pois quando pensamos algo assim,a maldade vem e nos cerca,sufocando nossos sentimentos.
Tentar é difícil,pois quando se tenta,a maldade entra,sem nem avisar.
Eu vejo que a maldade desgasta o homem por dentro,por mais cruel e resistente que ele seja,formando assim,um homem odiado por fora e infeliz por dentro.
A maldade domina o homem com se ele fosse um “burro de carroça”,sendo servo de um grande inimigo do mundo
Se a paz existisse entre os homens,jamais seriamos reféns-escravos dessas grande hipocrisia,que nos domina,que nos oprime,estragando um grande ser do bem.

2 comentários:

Luana disse...

Amorrr!!!!!!!!

Como sempre, fazendo textos perfeitos, onde haja reflexão, sobre o mundo em que vivemos hoje em dia; e isso faz com que você tenha mais talento. Conte sempre comigo!!!!!!!


Parabéns!!!!!!!!!


Te amo!!!!!!!!

Guilherme disse...

E aí xará, blz?


Pô, os textos desse camarada, são sinistros e bem elaborados. Continue assim, meu xará. Você está de parabéns.

Flw!

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget