sábado, 10 de maio de 2014

Inversão de valores - descontrole finacieiro





Dia deses, conversando com meu pai sobre valores de vida, ele falou:

-Acho que eu que sou o errado nesses últimos tempos. Todo mundo esta gastando desenfreadamente, e eu aqui, me restringindo dos meus prazeres pra não me sufocar.

E por essa parte, ele realmente tem razão. 
Frisarei. 
Quem, nunca não gastou uma vez sequer por impulso, se descontrolando e consequentemente, abrindo dividas maiores do que seu próprio rendimento? 
Pois é. Ao menos uma vez isso aconteceu na sua e na minha vida. 
Nós realmente estamos descontrolados. E isso não é culpa de capitalismo selvagem (oh, oh oh!) ou o mundo globalizado. É nossa culpa mesmo, de estarmos mau educados com nosso próprio dinheiro.
Uma pessoa minimamente consciente sobre isso, saberá que devera fazer um investimento real (e digno) para sua vida ou fazer seu dinheiro render em algum investimento a curto/longo prazo.
Muita gente (muita mesmo) se endivida por conta dessa bobagem própria: o descontrole. Lembra daquele sapatinho ou aquela super roupa que você viu na vitrine que estava irresistível (mesmo não estando em promoção) que você acabou comprando por 'comprar' ou achar bonito/legal/interessante? 
Pois é, aquilo é reflexo do seu descontrole. 
Vejo, diversas vezes muita gente deixar de pagar uma conta (algumas vezes importante) para poder comprar outra coisas, para satisfazer seus desejos, criando mais uma divida e consequentemente, fazendo-as uma enorme bola de neve nas suas contas. Isso é não ter controle. De verdade. 




Algumas vezes já me peguei assim, e hoje já evito bastante de gastar muito (principalmente com livros e chocolate - amo muito tudo isso!)
De vez em quando, só se controlar não é necessário: é preciso manejar, conhecer, e aprofundar-se no assunto de financias.
Dividir contas fixas e moveis (mais ou menos como se faz numa empresa, só que levando para o âmbito particular - casa [despesa fixa], carro [despesa fixa], aluguel [despesa fixa], prestação de eletrodoméstico[despesa móvel], etc.), organizando-as em planilhas, é uma das primeiras soluções (se não a principal) para 'arrumar a casa'. 
Ver quais são aquelas contas que devem ser sanadas, como o cafezinho de todo dia na padaria ao lado, ou o sorvetinho de duas vezes na semana (em vez disso, compre apenas uma vez, ou passe uma semana sim e outra não - diminuir um pouco esse consumo faz bem pro bolso e pra saúde). 
Leia sobre financias em sites (exame, valor, época negócios, são os principais), livros, e blogs. Veja aonde deixar seu dinheiro. Se é melhor investir na poupança, ou na renda fixa.
Existem sempre saídas. Elas vão lhe guiar a uma melhor condição. 
Mas, o principal de tudo isso, que rege a ordem harmônica dessa cadeia de progressão econômica na sua vida é você. E não seja mais um descontrolado.

Nenhum comentário:

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget