sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

16#


Caminhando pela escuridão,vou seguindo os sentidos das paredes,que vão me guiando a lugar nenhum.
Meu tato é meu aliado,pra que eu não me perca nessa armadilha do destino,que aparece de repente,sem avisar.
Tropeço em alguns objetos,mas, isso é normal,pois nesse adormecer das luzes,nada é tão simples como se imagina.
Nesses momentos,meus sentidos são testados a limites desesperadores,capaz de abalar a calma até de homens mais serenos.
Nele,me arrepio,fico tenso,louco,sem saber onde tocar ou seguir,nessa hora desesperadora,que parece não passar.
No escuro a coisa ferve mais.
Mas quem tem medo, chega a evaporar nesses momentos,que parecem nos sufocar.
Espero que a luz esteja bem perto,por que esse escuro,não quero ver mais,nem senti-lo,pois me pavor virou horror,que se extrapolou,e aterrorizou meus sonhos,vontades e desejos,que se perderam nos meu medos malditos.

11 comentários:

Camila disse...

Guiiiii, lindooo!!!!!

Eu, amo todos os seus textos!!!!!!! São textos, que fazem parte da nossa vida. Seja sempre assim!!!!!!!


Beijo

Claudinha disse...

Olá, claro que que lembro e voltei para ler. Sabe, pelo seu perfil, você tem a idade de meu filho mais velho. Acho seu texto maduro e encucado para sua idade e ainda fico imensamente feliz por não usar o internetês ou o miguxês, que me irritam. Parabéns pelos sentimentos traduzidos em palavras! Beijinho!

*Fê* disse...

Eh, seu texto sucitou emocoes em mim q eu nao keria nunk mais lembra=las!Sao recordacoes q eu nao gosto, como flashes q eu tento eskecer... As vzs eles adormecem, outras vzs voltam a tona novamente... + a luz esta sempre perto, sempre perto dakeles q têm fé nela....
Lindo texto
Mil bjos
=*

Luana disse...

Oii, amor! Como sempre os seus textos, estão perfeitos, e bem elaborados. Continue sempre assim, pois, você só tem a ganhar com isso.

Beijo


Te amo, meu príncipe!

Dominique disse...

Oi, Luiz, vim agradecer tua visita ao Dominus.

Achei seu texto denso e capaz de causar um reflexão profunda sobre nossos medos e inseguranças. E se pensarmos bem, andamos, sim, tateando pela vida, como cegos emvolvidos pela escuridão. Mas, como um dia tem apenas vinte e quatro horas, em algum momento o sol raiará e a luz pode, sim, retornar. É só saber esperar e, principamente, prosseguir até encontrar a saída do túnel escuro do desepero.

Bom, sem mais delongas, deixo-te um abraço e convido-te a voltar ao Dominus sempre que puder. A casa está sempre aberta aos amigos.

Até mais!

Guilherme disse...

Esse cara é muito intelectual... ELE VAI FICAR PARA A HISTÓRIA!

Xará

Continue assim meu velho!!!


Flw


Abraços

Marta disse...

Tropeçar...é normal...
Ter a luz sempre presente é essencial....para se ter a certeza que nos podemos levantar...
Obrigada pela visita...
Até já
Beijos e abraços
Marta

Betty Branco Martins disse...

Luiz___________olá:)



adorei!!! este teu "espaço"


não________amei mesmo___é um sentir diferente:))




________voltarei:))













beijO c/ carinhO

Cris disse...

Só sabemos o que é a escuridão porque conhecemos a luz. E ela vai aparecer, sempre aparece!

Alê disse...

Salve!

O Profeta disse...

Escreves com maestria caro amigo...


Abraço

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget