quinta-feira, 23 de maio de 2013

Das nossa anencefalias




Antes de mais nada, não quero que estranhem o titulo do texto. É assim mesmo, de quando em quando, ou mais (verdadeiramente) falando, frequentemente isso acontece.
O mundo não é dos espertos, mas é dos anencéfalos, que simplesmente não agem de maneira coerente.
Digo isso por que, nos últimos dias, tenho visto e ouvido atitudes cada vez mais absurdas.
Duas delas posso retrata-las.
Um amigo, que trabalha numa escola, disse-me uma vez, que havia um pai que foi por seu filho na escola por que ele era altamente problemático, em plenos 14 anos de idade. Mas ele não era assim somente por algum afrouxamento dos pais/tios/avós, mas por simplesmente isso acontecer por quem deveria cuidar dele na ausência dos pais: a babá.
Tudo bem, ninguém tem essa obrigação toda de cuidar dos filhos dos outros, mas esse trabalho exige essa penumbra. Simplesmente o menino não sabe de nada (é um analfabeto funcional pelo que ele me falou), e anda até de pés descalços pela rua, mesmo com a plena consciência da mãe/pai/outros parentes (um exemplo de anencefalia).
Outro exemplo dessa carência (grande) cerebral de nosso país, foi um ex-colega de faculdade, ter dito em uma aula, onde estávamos falando de coisas importantes, como a vida e outras coisas mais, que ter um lugar seu, certo e que ninguém mexa ou sente-se na sala de aula, também faz parte desse critério de importância.
Eu apenas ri por dentro, e nem fiz comentários (fica a seu critério julgar - ou apedrejar - esse rapaz). 

Um comentário:

Jovem Jornalista disse...

A ignorância complica a vida!

Blog atualizado
jj-jovemjornalista.com

Total de visualizações de página

Parcerias (ponhas a sua aqui também)





Image and video hosting by TinyPic
" />

Contato

Orkut
Twitter
Facebook
YouTube

My Tumblr

Ocorreu um erro neste gadget